Blog do Filipe Mota - Notícias de última hora

Andrade Gutierrez e Queirós Galvão abasteceram campanha de Edinho Lobão

lobão-e-lobinho

Empreiteiros condenados por lavagem de dinheiro e evasão de divisas abasteceram a campanha do filho do então Ministro Edison Lobão, o  Edinho Lobão, candidato ao governo do estado em 2014. Segundo o portal de prestação de contas do Tribunal Superior Eleitoral, a empreiteira Andrade Gutierrez fez “doações legais” ao candidato, utilizando propinas procedentes de obras superfaturadas da Petrobras e do sistema elétrico. A revelação integra a delação premiada do ex-presidente da construtora, Otávio Marques de Azevedo e foi apresentada pelo empresário em uma planilha  à Procuradoria-Geral da República (PGR). Veja abaixo, transferidos para o então candidato Edinho Lobão – PMDB MA. No total, apenas a Andrade Gutierrez dou R$ 1.400.000,00 (Hum Milhão e quatrocentos mil reais).

Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42       CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S.A.          17.262.213/0001-94         30/09/14             000150300000MA000028             400.000,00         Cheque                850019                 EDISON LOBÃO FILHO   20.576.409/0001-68        15           PMDB  Governador       MARANHÃO

Direção Nacional              00.676.213/0001-38       CONSTRUTORA ANDRADE GUTIERREZ S.A.          17.262.213/0001-94        28/08/14              000150300000MA000011             500.000,00         Cheque                850120                EDISON LOBÃO FILHO                 20.576.409/0001-68        15           PMDB  Governador       MARANHÃO

Direção Nacional              00.676.213/0001-38       CONSTRUTURA ANDRADE GUTIERREZ S.A           17.262.213/0001-94        29/09/14              P15000309210MA000024             500.000,00         Cheque                850290                 Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42        PMDB MARANHÃO

Outra empreiteira condenada na Operação Lava-jato, Queiróz Galvão, “doou”  a Edinho Lobão, filho do ex-ministro das Minas e Energia, pasta controlada desde 2007 pelo PMDB, somente pelas suas subsidárias, Energia Verde Produção Rural, Companhia Siderúrgica Vale do Pindaré e Guarany Siderurgia e Mineração, foram mais R$ 1.500,000,00 (Hum milhão e quinhentos mil reais). Os empreiteiros da Queiróz Galvão foram presos e condenados na Operação Lava-jato, em virtude de usar “doações” eleitorais para ocultar propina. Veja abaixo, recursos transferidos para o então candidato Edinho Lobão – PMDB MA. No total, apenas a Queiróz Galvão dou R$ 900.000,00 (Novecentos mil reais).

Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42       CONSTRUTORA QUEIROS GALVÃO S.A.                33.412.792/0001-60         30/09/14             000150300000MA000032             400.000,00         Cheque                850019                 EDISON LOBÃO FILHO   20.576.409/0001-68        15           PMDB  Governador       MARANHÃO

Direção Nacional              00.676.213/0001-38       CONSTRUTURA QUEIROZ GALVÃO S.A                  33.412.792/0001-60        29/09/14              P15000309210MA000025             500.000,00         Cheque                850395                 Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42        PMDB MARANHÃO

BANCO SAFRA

Outra “doadora” da campanha derrotada em 2014, pelo então candidato Edinho Lobão, foi o BANCO SAFRA, intermediadora do esquema do doleiros preso, Alberto Youssef, um dos alvos principais da operação  Lava-Jato e que fez delação premiada – em seus relatos, ele apontou deputados, senadores e governadores recebedores de propinas do esquema de corrupção na Petrobrás.  Uma força-tarefa da Lava Jato pediu abertura de inquérito para investigar se o Banco Safra cometeu crime financeiro em um acordo da ordem de R$ 10,4 milhões para renegociar as dívidas da empresa Marsans, adquirida pelo doleiro.

Segundo o Ministério Público Federal, ao aceitar a operação suspeita, o banco teria cometido crime contra o sistema financeiro nacional e colaborado com a lavagem de dinheiro operada pelo doleiro, além de ter evitado que o esquema de desvios na estatal petrolífera fosse descoberto antes.

Veja abaixo, recursos transferidos para o então candidato Edinho Lobão – PMDB MA. No total, apenas o BANCO SAFRA dou R$ 600.000,00 (Seiscentos mil reais).

Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42       BANCO J. SAFRA S.A.      03.017.677/0001-20        27/08/14             000150300000MA000009              150.000,00         Cheque                850007                EDISON LOBÃO FILHO                 20.576.409/0001-68        15           PMDB  Governador       MARANHÃO

Direção Estadual/Distrital             01.387.080/0001-42       SAFRA LEASING SA ARRENDAMENTO MERCANTIL           62.063.177/0001-94         27/08/14             000150300000MA000010             150.000,00         Cheque                850008                 EDISON LOBÃO FILHO   20.576.409/0001-68        15           PMDB  Governador       MARANHÃO

SAFRA LEASING SA ARRENDAMENTO MERCANTIL           62.063.177/0001-94                                        21/08/14             P15000309210MA000011              150.000,00         Transferência eletrônica               89911    Direção Estadual/Distrital                 01.387.080/0001-42        PMDB MARANHÃO

BANCO J. SAFRA S.A.      03.017.677/0001-20                                        21/08/14             P15000309210MA000012             150.000,00          Transferência eletrônica               89912    Direção Estadual/Distrital           01.387.080/0001-42        PMDB                 MARANHÃO

Não é novidade que recursos públicos surrupiados por intermédio de obras superfaturadas, empresas de fachada e outras modalidades de corrupção acabem abastecendo o chamado caixa 2 das campanhas políticas.  Em 2014, estas práticas vieram por meio da “doações legais”, feitas por empreiteiros presos e condenados na Operação Lava-Jato. Essa é uma prática condenável e recorrente no Brasil.

CONTINUA…

Arraial Pertinho de Você recebe autoridades e mais de 60 atrações

“Podem falar o que quiser, mas, infelizmente, cultura é algo que só faz bem feito quem tem amor pelas nossas raízes. Na Cohama, Vila Palmeira ou em qualquer outro lugar que ele vá, o vereador Astro de Ogum tem a capacidade de ensinar, para quem tiver disposição de aprender, como manter viva as nossas tradições culturais”. Essa foi à declaração da dona de casa Marieta do Espírito Santos de Lima, 65 anos, residente no Bairro do Bequimão, que na noite desta sexta-feira(24), como dezenas de outras pessoas, esteve no arraial “Pertinho de Você”, o maior e melhor do Maranhão, para acompanhar o tradicional cortejo de brincadeiras em homenagem ao Glorioso São João.

Além de 60 brincadeiras, tais como Bumba Meu Boi da Maioba, Pindoba, Iguaíba, Alemanha, João Paulo e Miritiua(todos do chamado sotaque da ilha), nos outros ritmos, como Orquestra, Baixada e Costa de Mão, também se apresentaram o boi Oriente(Baixada), boi Rama Santa(Cururupu), Boi de São Simão, Boi de Rosário, Boi de Eliezio(Cururupu), boi de Corda, Boizinho Encantado, da Madre de Deus, Boi de São Bento, Cacuriá ASC, Dança Portuguesa Juventude de Portugal, e tantas outras, o terreiro do Pertinho de Você também recebeu dezenas de autoridades, como o governador Flávio Dino(PCdoB) e o prefeito Edvaldo Holanda Júnior(PDT), bem como secretários estaduais e municipais, deputados estaduais, vereadores e assessores.

Ao lado da esposa Samya, o deputado federal Weverton Rocha(PDT), parceiro do vereador Astro de Ogum, idealizador e organizador do arraial, também esteve presente no jantar oferecido pelo vereador aos convidados ilustres. “É com enorme satisfação que, neste momento, recebemos as comitivas do governador e do prefeito no nosso arraial”, pontuou o deputado Ewerton Rocha.

Em um bate papo alegre e descontraído, o segundo anfitrião, o vereador Astro de Ogum – agradeceu o apoio do Governo do Estado e da Prefeitura de São Luís. Ele, assim como o deputado, também externou a satisfação em receber os convidados no dia em homenagem a São João, santo de sua devoção.

“Este momento é impar e não tenho palavras para defini-lo. Através da minha religião tenho as manifestações culturais enraizadas em minha alma, por isso o meu amor pela cultura maranhense. Sem qualquer tipo de mágoa ou ressentimento, estou muito feliz em recepcionar o nosso governador e seus aliados”, externou o vereador.

Conjuntamente, o governador Flávio Dino e o prefeito Edvaldo Holanda Junior parabenizaram o vereador pela organização do arraial, evidenciando a importância de eventos, com tamanha magnitude, que tem como propósito manter viva nossas tradições culturais. “A beleza e força da cultura maranhense são inexplicáveis. Essa pujança, resultante da mistura de ritmos e cores, nos enche de orgulho”, afirmou o governador Flávio Dino e ratificou o prefeito Edvaldo Holanda Júnior.

image image image image

Ministério Público abre inquérito contra Edivaldo Júnior

Prefeito de São Luís tem utilizado o tempo de partidos da base aliada, em inserções na TV, para apresentar programas de sua gestão. Edivaldo já utilizou o tempo para inserções partidárias do PSC, PRB, do PTB e do PTC, partido pelo qual foi eleito em 2012

EDIVALDO-HOLANDA1

O Ministério Público Eleitoral assegurou, por meio de nota, que instaurou inquérito para investigar supostas irregularidades em inserções partidárias do prefeito Edivaldo Jr. Isso porque o prefeito passou a apropriar-se do tempo de televisão de partidos da base aliada – o que é vedado pela lei -, para apresentar programas de sua gestão. O uso configura infração eleitoral e gera multas.
A prática foi denunciada por este Blog e por outros meios de comunicação que fazem a cobertura política em São Luís. Edivaldo já utilizou o tempo para inserções partidárias do PSC, PRB, do PTB e do PTC, partido pelo qual foi eleito em 2012.

“A procuradoria Regional Eleitoral abriu inquérito sobre essa situação no dia 5 de junho e está investigando o caso. É possível que na próxima semana haja um posicionamento”, informou o MPE.  O procurador eleitoral é Thiago Oliveira.

FORA DA LEI
A prática do uso do tempo de partidos aliados para as inserções partidárias é ilegal. A legislação eleitoral veda a participação de pessoa filiada a partido que não o responsável pelo programa; a divulgação de propaganda de candidatos a cargos eletivos e a defesa de interesses pessoais ou de outros partidos e a utilização de imagens ou cenas incorretas ou incompletas, efeitos ou quaisquer outros recursos que distorçam ou falseiem os fatos ou a sua comunicação.
Ocorre que a punição para quem descumpre a medida é apenas a aplicação de multas eleitorais. E os próprios dirigentes partidários dizem não estar preocupados com as sanções previstas em lei, uma vez que não há ameaça, por exemplo, à homologação de candidatura do indivíduo que eventualmente cometer a irregularidade.

WELLINGTON DO CURSO DISPARA

O deputado estadual Wellington do Curso (PP), adversário direto de Edivaldo Júnior, criticou, na tribuna da Assembleia, o uso do tempo de partidos da base em inserções partidárias.
“O prefeito Edivaldo Holanda, em um momento de desespero, tem utilizado outros partidos, como o PSC, o PRB e o PTB. Ao usar o horário eleitoral de outros para se promover, tenta recuperar sua imagem e mostrar que está fazendo alguma coisa por São Luís. Edivaldo Holanda Júnior comete flagrante delito”, disse.

Histórico!!! Reino Unido decide deixar a União Europeia

Opção por deixar o bloco europeu venceu por mais de 1,2 milhões de votos. Decisão histórica pode mudar a geopolítica mundial nas próximas décadas

reino-unido

Em decisão histórica, que tem potencial para mudar o rumo da geopolítica mundial pelas próximas décadas, os britânicos decidiram em referendo deixar a União Europeia (UE). A opção de “sair” venceu a de permanecer no bloco europeu por mais de 1,2 milhão de votos de diferença, em resultado divulgado por volta das 3h desta sexta-feira (24).

A vitória do “Brexit” derrubou as bolsas na Ásia e os mercados futuros da Europa e dos Estados Unidos antes mesmo do resultado oficial ser divulgado. A libra esterlina, moeda do Reino Unido, despencou dois dígitos e atingiu o menor valor frente ao dólar em 31 anos. No Japão, a Bolsa de Tóquio desabou quase 8%.

O referendo derrubou também o primeiro-ministro britânico, David Cameron. “Os britânicos votaram pela saída e sua vontade deve ser respeitada”, afirmou o premiê, que ponderou que o país precisa de uma nova liderança para levar a decisão adiante. “A negociação deve começar com um novo primeiro-ministro”.

Oficialmente, o plebiscito não é “vinculante” – ou seja, ele não torna obrigatória a decisão de sair do bloco europeu. Mas o futuro primeiro-ministro britânico dificilmente será capaz de contrariar a decisão da população. Parlamentares também podem bloquear a saída do Reino Unido, mas analistas consideram que isso seria suicídio político.

O presidente do Banco Central da Inglaterra, Mark Carney, afirmou que levará algum tempo para que o Reino Unido estabeleça novas relações com a Europa e o resto do mundo. Disse também uma volatilidade econômica “deve ser esperada”,mas não vai hesitar em tomar medidas adicionais para levar a economia adiante.

Votação apertada
Um recorde de 46,5 milhões de eleitores foram convocados às urnas para responder à pergunta: “Deve o Reino Unido permanecer como membro da União Europeia ou sair da União Europeia?” (em tradução livre).

A apuração foi divulgada por áreas de votação e a disputa, bastante acirrada. O “sair” começou à frente e chegou a ser ultrapassado pelo desejo de continuar na UE, mas logo retomou a liderança e foi abrindo vantagem até vencer com quase 51,9% dos votos. Foram 17.410.742 votos a favor da saída e 16.141.242 votos pela permanência.

As casas de apostas britânicas, que ontem apostavam na vitória do “permanecer”, mudaram sua tendência na madrugada desta sexta e passaram a prever a vitória do “Brexit” após a divulgação dos primeiros resultados. “Brexit” é a abreviação das palavras em inglês “Britain” (Grã-Bretanha) e “exit” (saída) para designar a saída do Reino Unido do bloco europeu.

Após o fechamento das urnas, às 18h de quinta-feira (23) em Brasília, as casas de apostas de Londres apontavam 90% para a vitória da permanência do Reino Unido na União Europeia. Algumas horas depois, com a divulgação dos primeiros resultados, a tendência inverteu e passou a ser 60% a favor da saída do bloco europeu.

Efeito dominó
A União Europeia é uma união econômica e política criada após a 2ª Guerra Mundial. O bloco funciona como um mercado único, com livre circulação de pessoas, bens, serviços e capitais. Formado por Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales, o Reino Unido começou a fazer parte da União Europeia em janeiro de 1973.

O Reino Unido, no entanto, não faz parte da zona do euro – formada pelos países que têm o euro como moeda oficial. Dentre os 28 países do bloco europeu, 19 compartilham a moeda única. Os britânicos continuam usando a libra esterlina.

Até hoje, nunca um país membro deixou a união política e econômica dos países que formam a União Europeia. Em 1975, houve um referendo muito parecido com o de agora no Reino Unido, mas venceu a permanência no bloco com larga vantagem: 67% dos votos.

Há forte preocupação de que o voto pela saída tenha o efeito dominó, com outros países organizando consultas similares. Marine Le Pen, da extrema-direita francesa, afirmou que seu desejo é que cada país faça uma votação popular sobre a pertinência da União Europeia.

“Como peço há anos, agora é necessário o mesmo referendo na França e nos países da União Europeia”, afirmou a líder da Frente Nacional na França pelo Twitter. Na Holanda, o chefe do Partido da Liberdade e membro do Parlamento, Geert Wilders, escreveu: “Agora é a nossa vez! Hora de um referendo holandês! #ByeByeEU”.

Reino desunido
O referendo dividiu não só a União Europeia, mas o próprio Reino Unido. Apesar da vitória do “sair”, votaram pela permanência a Escócia (62,0%), a Irlanda do Norte (55,8%) e a região de Londres (59,9%). Todas as outras regiões da Inglaterra e o País de Gales votaram por “sair”, com percentuais que variaram de 52,5% (País de Gales) a 59,3% (West Midlands).

Na Escócia, o “permanecer” venceu em todos os distritos. A chefe de governo escocês, Nicola Sturgeon, disse que o país “vê seu futuro” como parte do bloco europeu. “A votação aqui mostra claramente que os escoceses vêem seu futuro como parte da UE”, declarou a dirigente do Partido Nacional Escocês (SNP).

O chefe do movimento Sinn Fein, da Irlanda do Norte, afirmou que vai pedir um referendo sobre a união do país com a Irlanda – que fica na mesma ilha da Irlanda do Norte, mas é um outro país e não faz parte do Reino Unido. “O resultado desta noite muda dramaticamente o cenário político aqui no norte da Irlanda e nós vamos intensificar nosso caso para chamar por um referendo”, disse Declan Kearney, em comunicado.

Perdeu, Flávio Dino! Governo terá que reajustar salário de servidores

tj1

Depois de ter recorrido várias vezes contra os servidores do judiciário, o governador Flávio Dino (PC do B), perdeu a batalha no Supremo Tribunal Federal – STF, a ADPF 317 transitou em julgado na suprema corte e desconsiderou os argumentos utilizados pelo Governo do Maranhão na tentativa de retirar os 21,7% dos servidores do Judiciário.

O relator da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF 317), o ministro Celso de Mello, proferiu voto contrário ao agravo regimental ajuizado pelo Governo do Maranhão, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE-MA).

O governador Flávio Dino pretendia obter a suspensão dos 21,7%, ganho pelo Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Maranhão – SINDJUS/MA.

Mesmo tendo perdido no STF, o governador ainda busca no Tribunal de Justiça do Maranhão, a retirada dos 21,7% dos contracheques dos servidores, por meio da Ação Rescisória de nº 36586/2014 e a de n° 17.465/2016, que foram ajuizadas pela PGE-MA, que pretende anular a decisão proferida pelo próprio TJMA.

Em menos de dois anos no exercício do mandato, o governador Flávio Dino, vai colecionando troféus de inimigo dos servidores públicos estaduais, face às inúmeras batalhas judiciais que tem entrado contra os trabalhadores. Viva o comunismo!!!

Rômulo Franco propõe projeto que cria Programa de Silêncio Urbano em São Luís

Combater a poluição sonora na cidade de São Luís visando à harmonização da convivência entre estabelecimentos comerciais e
moradores. Esse é o objetivo do projeto de autoria do vereador Rômulo Franco (DEM), que prevê a criação do Programa de Silêncio Urbano, conhecido como Lei do Psiu. A proposta deve começar a tramitar essa semana na Câmara Municipal.

Na proposta que compreende 6 artigos, o parlamentar sugere que donos de bares e boates que queiram funcionar depois das 22h providenciem tratamento acústico que vede o som estabelecidos pela NBR 10.151 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Em sua justificativa, Franco explica quais são os principais objetivos do projeto de lei. De acordo com ele, o assunto é polemico e, mesmo com tantos aditivos, o barulho só piorou, pois, segundo o parlamentar, todos os dias a poluição sonora cresce e esse aumento pode ser ainda mais intenso nos próximos anos e o refugio desses barulhos é o lar.

A cidade de São Luís sofre com esse fenômeno que se convencionou chamar de poluição sonora, os ruídos, provocados por estabelecimentos que não respeitem a lei da boa vizinhança, causam prejuízos à saúde da coletividade, que ressalta a irreversibilidade de muitos danos causados à saúde, tornando ainda mais complicada a vida na metrópole“, declarou.

Com a proposição bares com show de música ao vivo ou que emitam qualquer tipo de som para os clientes só poderão funcionar após 22h caso não tenham isolamento acústico que não permita emissão de ruído que atrapalhe o descanso dos moradores ao redor.

Os estabelecimentos que colocam mesas e cadeiras em áreas externas também terão de se adaptar possíveis barulhos que incomodam a vizinhança. As casas noturnas que não se adaptarem também poderão entrar na mira da fiscalização da legislação. Os empresários deste setor terão o prazo de 240 (duzentos e quarenta) dias para fazer sua adequação, sob pena de ter o seu estabelecimento interditado.

De Márcio Jerry: Faça o que eu digo, não faças o que eu faço

Crackosfera

Depois de nomenclaturar a blogosfera de “Esgotosfera”, o secretário de comunicação e articulação política do governo Flávio Dino (PC do B), Márcio Jerry criou mais um neologismo para atacar blog’s e blogueiros, ele saiu agora com a “Crackosfera”. Novamente nas redes sociais, por onde vive o dia inteiro, Jerry tendenciou também a criação de um “seminário” de ÉTICA na comunicação, logo ele… vai ver este “seminário” proposto é uma espécie de gastar o dinheiro público, já tão escasso na gestão comunista.

Ao tempo que sugere um seminário sobre a ética na comunicação, o próprio secretário perdeu as estribeiras com este Blog, quem primeiro divulgou seu “pensamento” em sua conta pessoal no Twitter.

EM TEMPO: Este Blog não compactua e nem apoia a exposição de famílias e imagens sensacionalistas, tanto que em face à dor dos familiares da jovem que recorreu ao suicídio, não as divulgou, embora, tenha visto amplamente as imagens serem divulgadas nas redes sociais.

Esposa do secretário Canindé Barros se recupera após AVC e passa bem

Canindé e Sônia

Passa bem a empresária Sônia Maria Escórcio Cerqueira Barros, esposa do secretário municipal de Trânsito e Transporte de São Luís, Canindé Barros, depois de sofrer um AVC  – Acidente Vascular Cerebral – na semana passada.

A informação foi passada pelo secretário Canindé Barros, que explicou que Sônia se recupera bem, já anda e fala normalmente, entretanto, sua recuperação mereça muita atenção. “Ela agora está esperando o dia certo para tomar o medicamento anticoagulante”, disse.

Sônia continua internada no Hospital UDI, no Jaracati em São Luís, sem previsão de alta.

Em abril deste ano, a empresária abriu mão em concorrer a uma vaga na Câmara da capital alegando motivos particulares. O Blog deseja melhoras efetivas à Sônia Canindé e que logo volte ao convívio dos seus familiares e amigos.

Com informações do Blog Domingos Costa